quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Opinião | "O Poder das Pequenas Coisas", de Jodi Picoult

Título: O Poder das Pequenas Coisas
Autor(a): Jodi Picoult
Editora: Bertrand Editora
Temática/Género: Literatura/Romance
N.º de Páginas: 512 páginas
Edição: 2016

Classificação: 4,5 estrelas




Sinopse:
Ruth Jefferson é uma enfermeira obstetra com mais de vinte anos de experiência. Um dia, durante o seu turno, começa uma avaliação de rotina a um recém-nascido. Minutos depois é informada de que lhe foi atribuído outro paciente. 

Os pais do bebé são supremacistas brancos e não querem que Ruth, afro-americana, toque no seu filho. O hospital acede a esta exigência, mas no dia seguinte o bebé enfrenta complicações cardíacas. 

Ruth está sozinha na enfermaria. Deve ela cumprir as ordens que lhe foram dadas ou intervir? O que se segue altera a vida de todos os intervenientes e põe em causa a imagem que têm uns dos outros. 

Com uma empatia, inteligência e simplicidade notáveis, Jodi Picoult aborda temas como a raça, o privilégio, o preconceito, a injustiça e a compaixão num livro magistral sem respostas fáceis.



Opinião:
Novo mês, novo livro para o projecto "Um ano com a Jodi". Desta vez lemos o Poder das Pequenas Coisas

Jodi picoult é conhecida por abordar nos seus livros temas delicados e polémicos. Este não é excepção. Um livro que aborda o racismo puro e duro, nas suas mais variadas vertentes. Mais uma vez uma escrita muito acessível, com uma boa narrativa e com um bom ritmo.

Gosto das histórias desta autora pois procura ser sempre o mais verdadeira possível. Há uma investigação constante sobre a temática que aborda. Gosto disso. Muito.

Contudo, senti em algumas partes um desenvolvimento mais lento. Mas não deixem de ler. Vale mesmo a pena.

Boas leituras.

domingo, 15 de outubro de 2017

Desafio literário "Um ano com a Jodi" | Novembro 2017


Já está escolhido o livro do desafio "Um ano com a Jodi" para o próximo mês. O livro será Uma Melodia Inesperada

Portanto, estão novamente convidados a participarem nesta leitura conjunta. Deixem a vossa intenção nos comentários.

Link do canal da Dora - "Books & Movies"
Link do blogue da Elisa - "A Miúda Geek" (em breve)





Sinopse:
Zoe Baxter passou dez anos a tentar engravidar e, quando parece que este sonho está prestes a realizar-se, a tragédia destrói o seu mundo. Como consequência da perda e do divórcio, Zoe mergulha na carreira como terapeuta musical. Ao trabalhar com Vanessa, o relacionamento profissional entre as duas transforma-se numa amizade e depois, para surpresa de Zoe, em amor. Quando Zoe começa a pensar de novo em formar família, lembra-se de que ainda há embriões dela e de Max congelados que nunca foram usados.

Quem alinha nesta leitura conjunta?





quinta-feira, 12 de outubro de 2017

YouTube | Wrap-Up - Leituras de Agosto + Setembro



Hoje deixo-vos com o vídeo do Wrap-Up das leituras de Agosto e Setembro. Poucas, mas o que isso importa?! O importante é ler :)

Espero que gostem.

Boas leituras.

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Opinião | "Os Falsários", de Bradford Morrow


Título: Os Falsários
Autor(a): Bradford Morrow
Editora: Clube do Autor
Temática/Género: Literatura/Romance
N.º de Páginas: 264 páginas
Edição: 2017

Classificação: 4 estrelas



Sinopse:
Na tradição dos policiais de Agatha Christie e Arthur Conan Doyle, um romance misterioso e profundo sobre o fascínio do colecionismo e o lado sombrio do comércio de livros raros.

O que acontece quando mentimos tão bem que perdemos a noção do que é real? Numa prosa magnificamente cuidada, Bradford Morrow traça uma linha débil entre o devaneio e a intuição, a memória e a ficção autoilusória, entre o amor verdadeiro e o falso.

Uma comunidade bibliófila é abalada com a notícia de que Adam, um colecionador de livros raros, foi atacado e as suas mãos decepadas. Sem suspeitos, a polícia não consegue avançar no caso, e a irmã procura desesperadamente uma pista.

Ao longo das páginas repletas de mistério e simbologias, escritores famosos e citações brilhantes, Will, cunhado e colega de profissão de Adam Diehl, tenta obter uma resposta e, ao mesmo tempo, escapar às ameaças do misterioso «Henry James». Consciente do simbolismo do caso, ele sabe que um homem sem mãos se vê privado do instrumento mais precioso quando se trata de imitar a caligrafia de William Faulkner, James Joyce, Conan Doyle e outros que tais. Na verdade, Will, ele próprio genial falsário, talvez saiba demais.



Opinião:
O início deste livro não podia ser melhor. Intrigante e cheio de suspense. Um corpo é encontrado sem as mãos. O autor prende-nos logo a atenção.

Esta história é narrada por Will, que é falsificador de obras literárias. Will é casado com Meghan, irmã da vítima (que por sua vez era colega de Will, falsificador de livros). O casal, numa tentativa de esquecer o passado, muda-se para a Escócia. 

Ao contrário que pensamos esta história não segue o percurso esperado. No entanto, é uma boa história no que se refere aos meandros do mundo de falsificações de livros. É notório o conhecimento do autor pelo tema e a investigação que fez para escrever esta história. Gosto quando os autores investem na pesquisa e conhecimento aprofundado dos temas abordados. Sentimos autenticidade

Um livro com um bom ritmo e uma escrita acessível.

Recomendo a todos os amantes de livros.   



Nota:
Este livro foi-me disponibilizado pela Editora Clube do Autor em troca de uma opinião honesta. 


segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Revista Inominável # 10 | 2 anos de Inomináveis


Este mês saiu mais uma edição da revista Inominável. E esta edição é comemorativa, pois a revista faz 2 anos!! Leiam aqui

Nesta edição foi subordinada a um tema: preto e branco. E para a minha rubrica "Ler o Mundo" realizei uma entrevista à bibliotecária Rita Neves, da Biblioteca Municipal de Santarém numa tentativa de mostrar que as bibliotecas não são só a preto e branco.

E há passatempos! Portanto não deixem de ler a revista e participar.

Boas leituras.

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Balanço de Leituras | Setembro 2017



Se Agosto não foi abundante em leituras, Setembro também não o foi. Esperava que o este mês seria um pouco melhor nesse sentido, contudo imprevistos acontecem e não podemos fazer nada senão aceitar. Resta esperar e ter esperança que os próximos meses sejam melhores.


Leituras

O Poder das Pequenas Coisas, de Jodi Picoult (opinião em breve)
Rugas, de Pablo Roca (opinião em breve)
Os Falsários, de Bradford Morrow

E vocês o que leram em Setembro?

Boas leituras.

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Tag | "Sou um leitor culpado?"



Hoje é dia de Tag no canal. Fui "taggada" pela Dora para a Tag "Sou um leitor culpado?"
Perguntas: 1. Já alguma vez ofereceste a alguém um livro que te tenha sido oferecido a ti? 2. Já alguma vez disseste que leste um livro quando na realidade não leste? 3. Já alguma vez pediste um livro emprestado e não devolveste? 4. Já alguma vez leste uma série fora de ordem? 5. Já alguma vez spoilaste um livro para alguém? 6. Já alguma vez dobraste o canto duma página para marcar onde é que ias a ler? 7. Já alguma vez disseste a alguém que não tens um livro quando na realidade tens? 8. Já alguma vez disseste a alguém que não leste um livro quando na realidade leste? 9. Já alguma vez saltaste um capítulo ou uma secção de um livro? 10. Já alguma vez falaste mal dum livro de que na realidade gostaste?

E vocês? São culpados? :)

Boas leituras.